terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

UMA PALAVRA AO PREGADOR





Por Valdemir Pires Moreira

 
O pregador que busca agradar a Deus não pode ao mesmo tempo ser o que anela pelos aplausos deste mundo. Muito menos amar os confortos terrenos, e ser dependente deles.

A vida do pregador é marcada pelas aflições. Paulo escrevendo a Timóteo exorta-o a suportar durezas (2 Tm 4.5). O pregador, que em seu ministério não surge dificuldades, si constitui em um ministério fraco.

É frequente em nossos dias pregadores que procuram uma igreja perfeita, sem problemas. São obreiros que não possuem coragem de enfrentar as desigualdades, injustiças, incompreensões que existem em todas as denominações.

É uma mentira a ideia de que o ministério pode ser ao mesmo tempo, eficaz e sem problemas. Ouvi certa vez a seguinte frase:

Quando o homem procura agradar ao homem, ele desagrada a Deus. E quando o homem procura agradar a Deus, ele desagrada ao homem.

Basta que tomemos uma atitude de agradar a Deus, em vez do homem para que o nosso ministério seja colocado à prova.

A Paz do Senhor e um abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário